Erro
  • Erro ao carregar dados do feed
Imprimir

Biocibernética bucal

Escrito por Super User. Publicado em Biodonto

A principal função dos dentes é manter um padrão respiratório ideal, pois eles trabalham como colunas que sustentam o espaço para a língua e permitem uma respiração saudável. O longo eixo dos dentes deve direcionar-se para o centro de rotação de glabela, conhecida entre hindus e esotéricos como sexto chacra ou chacra cerebral, para que a energia flua para ele. Caso contrário, essa energia se dissipará e, em casos mais acentuados, nos quais se tem a inversão das curvas, observa-se o aparecimento de alterações psiquiátricas.

Segundo Reich, as couraças musculares que refletem os pontos de energia bloqueada no organismo também traduzem sérios distúrbios emocionais. Cada paciente que chega ao consultório é um intricando sistema de correlações, que vai da cabeça aos pés, e é absolutamente único.

Dependendo da posição dos dentes, ou da ausência deles, esta pessoa vai respirar e mastigar de certa forma, sua cabeça estará mais para a frente ou para trás, e a posição de seu cérebro em relação ao um eixo gravitacional também muda, numa série de compensações que vão até o pé.

Cada grupo de dentes relaciona-se com uma característica do indivíduo.

Os incisivos centrais superiores e inferiores
relacionam-se com o sistema neural. São os dentes da inteligência.

O incisivo lateral
 se relaciona às interações familiares e sociais.

Os caninos
 são os dentes correspondentes ao sistema circulatório; são os dentes do inconsciente, do lado animal, que todos temos. Alterações neles denotam modificações quanto às reações de ataque e defesa, amor e ódio. Os caninos se relacionam também com o fígado, que é o orgão ligado à raiva e a cólera. Expressam também a libido. 

Primeiros pré-molares -
a erupção dos primeiros pré molares se dá quando a criança começa a formar o seu meio social, seu círculo de amizades 

Segundos pré-molares -
Relacionados ao aparelho respiratório e à estabilidade emocional do indivíduo. É um dente muito importante na arcada, pois simboliza um exército lutando contra a degeneração.

Os Primeiros Molares - correspondem ao sistema digestivo e vêm à boca aos seis anos de idade, quando o conhecimento do mundo em que vive amplia-se na criança, passando ela, a partir daí, a entender suas necessidades e obrigações. Este dente é o que mais costuma ter cáries e o que mais as pessoas perdem durante a vida, pois ser auto-suficiente é, sem dúvida alguma, um dos principais motivos de tensão do ser humano. 
 
Os Segundos Molares - correspondem ao processo hormonal e surgem na boca quando os meninos passam a ser homens e as meninas, mulheres.

Na linguagem Antroposófica, temos relações semelhantes mudando apenas as denominações. Molares são referentes ao sistema Metabólico, Pré- Molares e Caninos referentes ao Sistema Rítmico, Incisivos referentes ao Sistema Neuro-Sensorial. Dentes Decíduos referentes a herança genética, Dentes Permanentes referentes à Individualidade.