Erro
  • Erro ao carregar dados do feed
Imprimir

Salutogênese

Escrito por Super User. Publicado em Biodonto

Salutogênese é o estudo do que gera saúde. Pesquisa as fontes da saúde física, anímica e espiritual.

1- No nível físico trata-se do princípio da heterostase. Conforme o modelo salutogenético, o organismo sadio não se caracteriza pela homeostase, mas pelo fato de transformar constantemente processos heterostáticos em homeostáticos, possuindo, por essa razão, um alto grau de capacidade de adaptação e executar processos (ex. as doenças infantis estimulam o desenvolvimento do sistema imunológico, a capacidade de auto-regulação e de auto-cura ). O objetivo da medicação antroposófica é estimular a constituição para que esta vença a doença por si mesma e não apenas um remédio que assuma temporariamente certas funções por você. 

2 - No âmbito anímico a salutogênese procura criar um sentimento de coerência, um sentimento de que tudo que existe encontra-se inserido num contexto geral (como na educação nas escolas Waldorf, que ensina a criança a usar seus próprios recursos). 

3 - O terceiro ponto decisivo, é criar a força de resistência (resiliência) no campo espiritual, por meio da confiança no destino e na evolução da humanidade.

A educação tem grande influência na saúde geral como no desenvolvimento dentário, tanto a história escolar da criança como também a educação no convívio doméstico. Se estimularmos a criança em demasia, as forças que formam os dentes são solicitadas em outro lugar e os dentes não podem criar um esmalte adequado. A alfabetização precoce pode reduzir as forças da criança gerando deficiência no desenvolvimento dentário. 

Observar como a criança usa as mãos e os pés. Dedos e artelhos são terminais dos braços e pernas; mandíbula e seus dentes são órgãos terminais da parte motora da cabeça. Estados patológicos dos rins e disfunção peristáltica refletem na qualidade dos movimentos dos membros com conseqüência no estado dos dentes. 

Na dentição decídua: os dentes de leite relacionam-se a com herança genética dos pais. Na dentição permanente: os dentes relacionam-se com a própria individualidade, sendo assim, a forma de tratamento das doenças infantis (incluindo vacinação, uso exagerado de anti-térmicos, antibióticos, etc.) pode ter grande influência nesta individualização. O ideal é ter um sistema imunológico forte e saudável de modo que a criança seja capaz de lidar com as doenças naturais da infância. 

Elementos que podem ser analisados em uma anamnese:
Tamanho, cor e textura da língua - a língua tem dez vezes mais estanho do que outros órgãos (fígado e pele). 

É considerada o órgão da vontade e dotada de plasticidade. A língua forma palavras e interfere na formação do espaço ósseo. O equilíbrio entre língua e bochechas e entre língua e lábios é fundamental para a saúde das arcadas dentárias.

"Na língua encontra-se a realização mais consciente de todo o universo dos processos químicos e metabólicos, predominantemente inconsciente".